Baby Home & Ciranda Materna


A chegada de um filho é marcada por grandes transformações. A idealização da maternidade pode começar nas brincadeiras infantis da garotinha e chegar às projeções e expectativas da vida adulta. Ao se transformar em mãe, a mulher vive inúmeras perdas: a gestação que se foi, o bebê idealizado versus o bebê real, as mudanças na rotina, nas relações pessoais e no próprio corpo.

Mas, afinal, o que torna a mulher uma mãe? Quais são as condições para que a maternidade possa se concretizar? O ato da gestação e o parto não definem a função materna por si mesmos. A maternidade se constrói na arte de estabelecer uma relação recíproca do bebê com sua mãe.

Neste contexto, oferecemos uma ciranda, a "Ciranda Materna", mediada por duas psicólogas clínicas. O objetivo é estimular trocas espontâneas entre as mães e o grupo a partir da arte, propiciando um espaço seguro que favoreça a diversidade e o compartilhar de experiências.

Como parte deste novo projeto, iniciamos uma parceria com a Baby Home, um site que reúne informações durante a jornada de gerar e criar um bebê até os 2 anos de idade. A equipe é formada por repórteres, editores e profissionais que consultam fontes nas áreas de saúde e comportamento: ginecologistas, obstetras, pediatras, outros médicos, psicólogos e enfermeiros, a fim de proporcionar recomendações sobre gestação, parto e desenvolvimento das crianças.

Esta parceria surgiu com o intuito de aprofundarmos nosso olhar sobre o bebê e a primeira infância e mergulhar neste lindo, e ao mesmo complexo, universo que é o tornar-se mãe e o maternar.

Com isso, recomendamos três textos que selecionamos do site Baby Home:

1) Sobre o uso de eletrônicos com bebês

2) O mundo da leitura com bebês

3) A função da naninha / objeto transicional

Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Instagram Social Icon
  • Facebook Basic Square